Agricultores aproveitam boas condições do clima para avançar plantio do milho

Ainda que a umidade do solo não fosse a ideal em algumas lavouras do Norte do Rio Grande do Sul, os produtores de milho aproveitaram as condições meteorológicas favoráveis para acelerar a implantação da cultura. De acordo com o Informativo Conjuntural divulgado pela Emater/RS-Ascar nesta quinta-feira (22/09), as precipitações do domingo amenizaram os impactos do…

Details

Sem crédito e descapitalizados, produtores vão reduzir investimento na safra 2016/17

Os problemas climáticos que levaram a perdas de safra em várias regiões do país na temporada 2015/16 [encerrada em junho último] também produziram uma escalada da inadimplência na carteira de crédito rural mantida pelos bancos.  E com 20% menos recurso no Plano Safra 2016/17 os agricultores também relatam dificuldade de acesso ao crédito, fatores que terão…

Details

Milho: Safra americana permanece em foco e mercado inicia 5ª feira perto da estabilidade na CBOT

Na Bolsa de Chicago (CBOT), as cotações futuras do milho iniciaram a sessão desta quinta-feira (22) com leves quedas, próximas da estabilidade. Às 8h15 (horário de Brasília), as principais posições do cereal testavam perdas entre 0,501 e 1,00 pontos. O vencimento dezembro/16 era cotado a US$ 3,39 por bushel, enquanto o março/17 trabalhava a US$…

Details

Safra cheia e de excelente qualidade na Mogiana com produção acima de 2,8 mi/scs. Para o ano que vem safra pode cair pela metade

Os cafeicultores da Alta Mogiana encerraram a colheita do café na safra 2016/17 com excelentes resultados de produção e qualidade da bebida. Em 60 mil hectares cultivados, a região deve contabilizar uma produção de 2,8 milhões de sacas de 60 kg. De acordo com o consultor de mercado, Anselmo Magno de Paula, em comparação com…

Details

A realização de lucros para os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago se intensificou na tarde desta quarta-feira (20) e as baixas já passam de 1%, por volta de 13h20 (horário de Brasília). Os contratos mais negociados perdiam entre 12,75 e 14,25 pontos, com o novembro voltando aos US$ 9,75 por bushel, e o maio/17, referência para a safra do Brasil, a US$ 9,90.  No pregão anterior, a soja bateu em suas máximas em três semanas e motivou esse movimento de realização de lucros, com alguns fundos de investimentos voltando à ponta vendedora do mercado para aproveitar as oportunidades, já que o maio/17, por exemplo, chegou a superar os US$ 10,00 ontem.  Os fundamentos que vinham promovendo uma intensa alta dos preços nas últimas quatro sessões, no entanto, permanecem atuantes. As chuvas continuam a chegar no Meio-Oeste americano, trazendo preocupações com a colheita – já concluída em pouco mais de 4% da área dos EUA – e as previsões mais atualizadas do NOAA, o serviço oficial de clima dos EUA, indicam a chegada de um novo sistema que pode intensificar as chuvas em algumas áreas nos próximos sete dias.  Chuvas nos próximos 7 dias nos EUA – Fonte: NOAA A demanda também permanece forte e presente. Nesta terça, o USDA anunciou a venda de mais 364 mil toneladas de soja para a China, o Taiwan e também destinos não revelados. O volume foi todo da safra 2016/17. Este já é o segundo anúncio da semana, já que ontem o departamento reportou a compra de outras 110 mil toneladas também pelos chineses.  A realização de lucros e a cautela, porém, tem justificativa, ainda na observação do câmbio e, principalmente, na espera pelo anúncio do Federal Reserve (o banco central norte-americano) sobre o futuro da taxa de juros nos EUA. A perspectiva dos especialistas é de que o índice seja mantido, porém, que os anúncios das autoridades monetárias tragam ainda uma possibilidade de reajuste para cima em dezembro.  Tags: Soja Por: Carla Mendes Fonte: Notícias Agrícolas

Os cafeicultores da Alta Mogiana encerraram a colheita do café na safra 2016/17 com excelentes resultados de produção e qualidade da bebida. Em 60 mil hectares cultivados, a região deve contabilizar uma produção de 2,8 milhões de sacas de 60 kg. De acordo com o consultor de mercado, Anselmo Magno de Paula, em comparação com…

Details