O Imea divulgou nesta semana a segunda estimativa de oferta e demanda em Mato Grosso, na qual as principais atualizações foram os dados de exportação e consumo interestadual para a safra 14/15, e para a 15/16, o volume a ser produzido na safra.

Assim, para a safra 14/15, o consumo interestadual foi estimado em 355,9 mil toneladas, um aumento de 4,48%, e a perspectiva para as exportações reduzida em 2,19%, ambos perante o último levantamento. Estas movimentações podem ser alicerçadas à diferença entre cotações internacionais e internas, e na diminuição de oferta de pluma no mercado brasileiro.

Deste modo, as perspectivas de estoques finais, tanto para a safra 14/15, quanto para a 15/16, apresentaram uma retração, demonstrando a relação de oferta e demanda arrochada, que por sua vez tem sustentado as cotações matogrossenses “descoladas” das cotações da ICE nos últimos meses.

Comercialização 

A comercialização de pluma de algodão em MT, safra 15/16, alcançou neste mês 61,4% do volume a ser comercializado neste ano. Em relação ao caroço, até o momento foram negociadas 1,25 milhão de toneladas, que correspondem a 54,3% do volume total.

As negociações ocorreram de forma mais branda nos últimos meses, pautadas, dentre outros fatores, pela retração dos compradores no mercado da pluma, que aguardam preços mais atrativos, e pelos produtores mais adiantados nas negociações que por segurança esperam o andar da colheita para a consolidação das estimativas de produção.

No mercado do caroço, o menor ritmo é baseado na escassez do produto e diminuição das cotações de soja e milho que competem diretamente para a produção de ração. Mas a expectativa para os próximos períodos é de que as negociações sejam reaquecidas com a entrada da safra 15/16 no mercado

Leia o boletim na íntegra no site Imea.

Fonte: Imea