Vendas de insumos caíram 30% na provincia de Buenos Aires

As vendas de insumos agrícolas acumulam queda de 30% na província de Buenos Aires este ano na comparação com o mesmo período de 2013, segundo dados da Cedasaba (Cámara Empresaria de Distribuidores de Agroquímicos, Semillas y Afines Bonaerense). De acordo com os empresários locais, isso se deve a diversos fatores somados, como os baixos preços agrícolas, uma maior necessidade de financiamento – em função dos custos mais altos de produção.

“Há mais gastos, e o produtor está precisando capitalizar-se mais que no ano passado. Porém há menor disponibilidade de fundos nos bancos. A esse cenário se soma o forte revés climático na região”, afirma a Cedasaba, que congrega 104 empresas que comercializam produtos de grandes companhias de insumos, aquelas cujo faturamento está em uma média de US$ 5 a 20 milhões anuais.

Um informe da entidade traz uma preocupante radiografia sobre o setor: “Existe una incerteza generalizada entre os produtores agropecuários na hora de definir o plantio e as compras de insumos […] em parte explicada pela situação política e econômica do país”.

Agrolink
Autor: Leonardo Gottems